18 de outubro de 2012

A Nuvem escondeu o sol



Estava-se já a meio do Outono. O vento era frio, a água do lago também. Estava frio em toda a parte, exceto em cima do velho muro de pedra quando o sol brilhava. Em cima desse muro soalheiro, encontravam-se uma mosca, uma abelha, uma lagartixa castanha e uma cobrazinha verde que deitava a linguinha de fora. Um cágado trepava pelo muro para se aquecer a sol. Ninguém falava, ninguém se mexia. Mas, lentamente, surgiu uma nuvem que escondeu o sol. Na sombra, o velho muro de pedra arrefeceu. A deslizo por entre as pedras do muro. A cobra desceu e meteu-se no seu abrigo de Inverno. O cágado tornou a descer sem pressa. Escondeu-se debaixo de um monte de folhas. E m cima do muro velho, dois esquilos quentinhos, dentro dos seus abafos de pele, rabujavam com o vento que não soprava com força suficiente fazer cair as bolotas de que precisavam para a ceia.

3 comentários:

  1. Parabens a todos os meninos da Escola EB1 da Brandoa por este excelente trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este texto é muito engraçado :) <3

      Eliminar

Deixa a tua opinião!